(21)2245-6085 - WhatsApp (21)96530-4354 - faleconosco@espacoartedecurar.com.br
Você está visualizando a categoria: Terapias

Acupuntura na Ausência de Menstruação

acupuntura e moxa Hoje vou relatar um tratamento efetuado em uma paciente que tinha com a sua queixa principal a ausência de menstruação (amenorreia). Quem me conhece sabe que não gosto de descrever meus tratamentos como "casos", afinal estamos falando de uma pessoa que confiou em você para cuidar dela e, cuidamos dela como um ser integral, então não é um caso, é uma pessoa. Ela tinha na época 26 anos e não menstruava desde os 18, portanto estava há 8 anos sem menstruar. Já fazia tratamento médico com reposição hormonal e cálcio, informou também que já apresentava osteopenia. Ela foi diagnosticada como menopausa precoce. Ela relatou que não efetuou cirurgias, não tinha alergias conhecidas e das doenças infantis teve catapora. Assim como andou e caminhou na época adequada. Nas patologias da família informou apenas hipertensão do avô paterno. Utiliza álcool somente em eventos sociais. O meu diagnóstico foi de Deficiência de Sangue do Fígado, iniciando o tratamento no mesmo dia,  com as seguintes premissas:

  • Tonificar o Sangue e a Essência
  • Tonificar o Baço-Pâncreas e o Rim
  • Tonificar o Qi Pós Celestial
Para isso, utilizei Acupuntura e Moxa e os principais pontos utilizados foram: B18, B17, F8, VC4, B20, B23, R3, R6, E36, BP6, B11, VB39, TA4 e E42. A Moxa foi utilizada, juntamente com a agulha, nos pontos B17, E36, VC4, BP6 e B18. A paciente foi cuidada 1 vez por semana em sessão de 1 hora. Durante o tratamento apresentou ansiedade e acordava durante a noite que foi cuidado com a inserção dos pontos Yintang e CS6. Relatou também que passou a ter aversão ao álcool. Após 5 meses de iniciado o tratamento teve a primeira menstruação, passou a sentir um cansaço e teve alteração na pele, passando a ter espinhas - "parecendo adolescente". O cansaço, a pele e a insônia melhoraram e voltou a menstruar no mês seguinte (6° mês de tratamento), passou a fazer exercícios. No 7° e 8° meses também menstruou. No 9° mês foi quando a menstruação se apresentou de forma mais consistente, neste mês também fez ultrassonografia dos ovários e o do lado direito, que antes era atrofiado, estava agora de aspecto normal.  Após 10 meses de cuidados com a Acupuntura, a paciente teve alta. banner blog - moxa

Saiba mais

Entrevista para Folha Online

shiatsu No ano 2000, quando eu era sócio de uma outra instituição, dei uma entrevista para o Caderno Equilíbrio da Folha Online, onde o foco era como as massagem podem auxiliar ao casal manter acesa a chama sexual. O Shiatsu, assim como a Acupuntura e a Moxa, são bastantes eficazes no tratamento da infertilidade, frigidez, impotência entre várias outras desarmonias. No tratamento verificamos qual Meridiano está desequilibrado para promover a sua harmonização. Muitas pessoas acreditam que a acupuntura e o Shiatsu são utilizados somente para a dor muscular, no entanto esta é apenas uma parte muito pequena dos tratamentos possíveis desta maravilhosas. Consulte o seu Shiatsuterapeuta e/ou Acupunturista e descubra o que as terapias orientais podem ajudar você de uma maneira única. Leia a matéria na integra clicando nos links abaixo: http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/equi20000811_shi03.shtml http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/equi20000811_shi02.shtml

Saiba mais

Veja as flores

flores amarelas

Por Aldemir Chaves*

A Medicina Oriental (Chinesa) foi concebida na observação do ser humano e a sua harmonia com as leis da natureza, muitas das frases ditas na nossa cultura popular demostra que também a observamos. Quando falamos que "ele está verde de raiva", "ele é um sujeito bilioso", "estou com vontade de comer o fígado de alguém", estamos nos referindo a uma situação que os chineses observaram, associaram a outras - Raiva, Fígado, Vesícula Biliar, Verde, Madeira, Primavera, Vento etc. - e sistematizaram em um método de cura. A Raiva é um sentimento tão bom quanto outro, apesar de ser bastante discriminado. Devemos senti-lo e passar por ele, sem mantê-lo presente em nossas vidas, pois, assim como a irritabilidade e as frustrações, a Raiva é a grande vilã quando permanece em nosso corpo, trazendo conseqüências maléficas para a nossa saúde. Os relatos são diversos - dor de cabeça, enxaquecas, dores migratórias, hipertensão, problemas nos tendões, problemas menstruais etc. - mas todos com a mesma origem: a Raiva, a irritabilidade. Para que estes sintomas não apareçam, devemos buscar a solução na natureza. A Primavera - a estação do elemento Madeira e do Fígado - é o símbolo de início, de renovação, do nascimento das flores, da vida, é a nossa juventude. Por isso devemos buscar alimentos que guardam este tipo de essência - broto de feijão ou bambu, frutas e hortaliças; aves e peixes frescos; temperos como hortelã e cebolinha - além de evitar alimentos gordurosos e álcool. Caso algum desses sintomas relatados seja uma constante no seu dia-a-dia, marque um encontro com o seu terapeuta de medicina oriental - Shiatsu, Acupuntura, Tui Na - que ele saberá a melhor maneira de trazer o ânimo e a saúde de volta, restabelecendo a sua Qualidade de Vida e na Vida.

Saiba mais

Um Toque

Toque

Por Aldemir Chaves*

Muito tem se falado da eficácia, e com razão, das massagens energéticas, tais como Shiatsu, Tui Na, Massagem Ayurvédica etc., mas, pouco se fala do Toque, o Tocar e ser Tocado.  O Toque é o primeiro dos cinco sentidos desenvolvido. Desde o útero, iniciamos o despertar dessa habilidade - já é comprovado que a partir da sétima semana de gestação podemos sentir o Toque. O estímulo na pele é altamente benéfico ao nosso organismo fazendo com que ele funcione em toda a sua plenitude. Durante o trabalho de parto as contrações do útero nos "massageiam" em todo o processo do nascimento. Esse desenvolvimento continua quando o bebê é acariciado pelos pais, principalmente pela mãe, sendo o ato da amamentação um momento mágico: o bebê está com o seu corpo colado ao da mãe, sentindo todo o calor e carinho que é transmitido por ela. Durante todo o nosso desenvolvimento, as demonstrações de carinho e afeto passados pelos nossos pais, através do Toque, permitem que nos sintamos mais seguros, autoconfiantes, fazendo com que nos tornemos seres humanos melhores. Mas, esta nossa vida moderna e agitada nos afasta desse contato, uma vez que o corre-corre do trabalho, estudo, academia etc., não nos deixa tempo para o Toque. O tratamento formal do dia a dia deixa-nos arredios. Quando alguém nos dá um abraço mais carinhoso... ficamos desconfiados... afinal, perdemos o hábito do Toque. As terapias que utilizam o contato físico terapeuta-paciente proporcionam a recuperação desse sentimento, o paciente se sente mais protegido fazendo com que o terapeuta sinta melhor suas reações. Isso é muito importante para o tratamento, possibilitando que o paciente descubra o seu corpo, percebendo todas as suas sensações, a sua tonicidade, rigidez, regiões mais sensíveis que antes não eram sentidas. O Shiatsu proporciona tudo isso, pois, durante a sessão, o contato físico e energético é constante, é uma troca mútua, fazendo com que o shiatsuterapeuta conduza o seu tratamento de forma adequada, de acordo com as reações do paciente, pois cada indivíduo reage de maneira diferente à técnica e cabe ao terapeuta adaptá-la para que o tratamento tenha o resultado esperado.

Saiba mais