(21)2245-6085 - WhatsApp (21)96530-4354 - faleconosco@espacoartedecurar.com.br

O que eu necessito para abrir minha clínica?

Minha Clínica, meu sonho A decisão de abrir o seu próprio negócio é muito importante, por isso você tem que estar bastante fundamentado para dar prosseguimento a este sonho, para que ele não se torne um pesadelo. Seguir na direção certa é fundamental para que você, empreendedor, tenha sucesso. Reduzir o custo e o prazo da abertura é essencial para o seu negócio e você pode conseguir isso seguindo os passos que vou descrever a seguir, são as primeiras etapas do processo de legalização da sua Clínica, do seu sonho. Escolher o nome da Clínica Você já tem o nome de sua Clínica? Não, não é o seu nome comercial, o nome fantasia. Estou falando da Razão Social, o nome que vai constar no seu Contrato Social, que é o documento legal da constituição de sua empresa, vamos falar dele um pouco mais a frente. Pense em, pelo menos, 3 nomes para utilizar como Razão Social, pois você deve ter opções caso algum esteja cadastrado. Agora, é muito importante também o seu nome fantasia (pode ser o mesmo da Razão Social). Este nome que irá identificá-lo perante o seu público, mas é importante você verificar a sonoridade do nome e se ele já existe nas redes sociais e se tem endereço na internet, caso exista, escolha outro nome. Ter um nome diferenciado nas redes sociais é muito importante, afinal você não quer que um possível cliente te procure e encontre o seu concorrente devido a uma letra no seu Nome Fantasia. Localização da Clínica Após uma análise de mercado, onde você deve verificar os concorrentes, fluxo de clientes acesso, condições do imóvel para a instalação do seu mobiliário, você deve realizar junto a Prefeitura de sua cidade a consulta prévia do imóvel, assim terá a certeza se as atividades de sua Clínica podem ser efetuadas legalmente no local. Algumas Prefeituras disponibilizam esta consulta através da Internet e será necessária a folha do carnê do IPTU onde consta o endereço do local e a inscrição predial. Somente após isso assine o contrato de aluguel. Documentos iniciais Para a elaboração do Contrato Social e seu registro na Junta Comercial e posterior e Cadastro junto a Receita Federal (geração de CNPF), relaciono os documentos necessários:

  • Nome da empresa (Os três nomes que você criou acima).
  • Endereço da empresa.
  • Valor do Capital Social e a proporção da participação de cada sócio (caso tenha sócio).
  • Dados dos sócios (Endereço residencial, Identidade, CPF e estado civil com regime de casamento).
  • Cópia do comprovante de residência dos sócios (Conta de luz, gás ou telefone).
  • Cópia do IPTU do imóvel no qual será legalizada a empresa (Folha do carnê onde consta o endereço do logradouro e a inscrição predial).
O Contrato Social deve ser assinado pelos sócios e por um advogado. Legalização da Clínica Após o registro do Contrato Social e emissão do CNPJ, você deve providenciar as seguintes documentações antes de iniciar as atividades de sua clínica de Fisioterapia:
  • Alvará de funcionamento.
  • Autorização da Vigilância Sanitária.
  • Inscrição da Clínica no CREFITO, com responsável técnico.
Lembre-se, procure sempre o auxílio de um contador.

Saiba mais

Deixar o paciente roxo com ventosas está errado?

Vários profissionais e alunos me perguntam se deixar o paciente roxo com Ventosas está errado. A minha resposta é sempre - Não, não está errado, mas você pode alcançar os efeitos satisfatórios sem causar roxidão na pele do paciente. Vou explicar melhor. Quando comecei a trabalhar com as terapias orientais utilizava a Ventosa desta maneira, deixando as pacientes todas marcadas, com isso elas não podiam ir a praia. Para uma carioca da zona sul isso é quase que cortar suas pernas. Nós adoramos praia, o local mais social e democrático que temos, adoramos exibir o corpo, idolatramos um corpo  bronzeado. Um fim de semana de sol sem ir a praia é muito sacrifício. Com isso, as pacientes, mesmo com as queixas diminuídas elas não voltavam, pois acreditavam que o benefício alcançado não valia a pena devido ao final de semana perdido, era melhor tomar uma medicação. Tive que criar um método que eu tivesse o mesmo resultado, mas sem as marcas, pois com o sol elas podem marcar a pele para sempre. Comecei a associar a Moxa com a Ventosa, criando um método próprio na aplicação da Ventosa para que não ocorresse manchas ou, se acontecesse, fosse o mínimo possível. Foram anos de tentativas, muitos erros e também muitos acertos até ter uma série de protocolos eficazes para as dores mais comuns em consultório.   Deu certo, tão certo que resolvi compartilhar isso para meus alunos através de um curso. Então criei o primeiro curso associando as técnicas de Moxa e Ventosa e deu muito certo. Vários pacientes são beneficiados com os protocolos ensinados no curso, liberando os desbloqueios existente, sanando a dor e os desconfortos causados pelas atividades do dia a dia. Adoro a Medicina Chinesa e seus recursos, melhor ainda, quando podemos adaptar as técnicas as nossas cultura e realidade, mantendo sempre assim a técnica atual através de sua evolução. Se você gostou deste texto, compartilhe em suas redes sociais. Faça aqui o seu comentário, o que você acha disso?

Saiba mais

Os 4 Ps do Marketing em seu estúdio de Pilates

4 Ps do Marketing são as quatro iniciais das palavras que formam o Mix de Marketing são eles: Produto/Prestação do Serviço; Preço; Promoção e Praça/Ponto. Produto/Prestação do serviço Define tudo que é relacionado ao serviço, como suas características principais, seus diferenciais de mercado, sua marca e sua forma de apresentação. Preço Engloba tudo relacionado à precificação do serviço, tal como honorários, forma de pagamento, tabela de valores por região, descontos etc.. Promoção Não é pague um e leve dois. Este item trata de tudo que tem ligação com a divulgação e exposição do seu serviço: Propaganda, pós-venda(atendimento), pesquisas etc.. Praça/Ponto É a localização do empreendimento, como o serviço será prestado ao cliente, a exposição do empreendimento etc.. O ponto é um item muito importante, pois ele irá poderá definir a forma de divulgação do seu serviço. Muitos empreendedores encontram dificuldades, pois imaginam que devem usar ações de marketing do mesmo jeito que empresas de grande porte. Pensam que os custos serão altos, resultados demorados e necessidade de pessoal especifico para administração das estratégias. Adequando o marketing a uma escala menor ele tem condições de gerir todas as variáveis do mix de marketing. Exemplo da utilização dos 4Ps Vamos pegar um exemplo um estúdio de Pilates no Rio de Janeiro, se fossemos atribuir as variáveis do mix de marketing para o empreendimento, em termos simples, poderíamos dizer que: A prestação do serviço seria plano de aulas em grupo ou individuais, como diferencial: planos com Shiatsu Expresso; O preço seria a cerca de 10% maior que concorrência, o pagamento pode ser efetuado através de cartão de crédito e porcentagem de desconto para quem faz planos de prazos maiores; A promoção seria a divulgação feita pelo bairro com panfletos em lojas e também pela Internet; O ponto de venda, o estúdio seria em uma loja de uma galeria com parte dos exercícios executados de forma exposta. Com os 4 Ps em mente, esquematizar as ações de marketing torna-se uma tarefa mais tranquila. As estratégias a serem desenvolvidas, apesar de mais simples, devem ser bem analisadas para que tenham tanta efeito quanto as das empresas de grande porte. Abraços e Bons negócios!

Saiba mais

Orgulho de ser Acupunturista

Orgulho-me muito do profissional que me tornei. A minha intenção inicial não era trabalhar com Acupuntura. Entrei no curso de Shiatsu da ABACO em 1996 apenas para ter o conhecimento. Bem, apaixonei-me pela beleza da teoria, não consegui largar de jeito nenhum e emendei com o curso de Acupuntura. Em 1998 me formei. Logo no mês seguinte estava com o meu consultório, com 2 outras sócias foi uma boa experiência, mas que não demorou muito. Em 2000 fui realizar o meu voo solo e criei o Espaço Arte de Curar, deu muito certo. Atendia muito, mais de 10 pacientes por dia, mal conseguia respirar, sempre acreditei em acupuntura de resultados, meu paciente tem que ficar bom, e transformei isso em realidade para cerca de 95% deles. Isso chamou a atenção, passei a dar entrevistas para vários veículos da mídia impressa (Revista Época, Folha de São Paulo, Jornal Extra etc.). Com isso, os pacientes aumentaram mais ainda, chamei mais dois amigos, colegas de turma para trabalharem comigo, estamos juntos até hoje e com muitas histórias e tratamentos para contar. Este ano completo 2 décadas como profissional de acupuntura, tenho muito orgulho disso, mas, principalmente, satisfeito com minha realização profissional.

Saiba mais