(21)2245-6085 - WhatsApp (21)96530-4354 - faleconosco@espacoartedecurar.com.br

Uma reação diferente no tratamento de Acupuntura

dor no joelho

O paciente ligou para saber se a Acupuntura trataria a dor no joelho, respondi que em princípio sim, mas haveria uma avaliação antes de iniciar o tratamento dele.

Como falei em outro Post, não gosto de descrever meus tratamentos como “casos”, pois cuido um ser integral, então não é um caso, é uma pessoa.

No momento da consulta ele relata como queixa principal dor e inchaço no joelho e perna direita. A dor migra entre joelho, tornozelo e 1° dedo (hálux). Relata também ciatalgia (protusão L4/L5) e depressão, além de ser hipertenso e utilizava medicamento, segundo orientação médica.

Na época ele tinha 70 anos e era muito ativo. As dores o impediam de jogar basquete com os amigos e caminhava com dificuldade. Passava por um momento que a intolerância predominava nas suas emoções.

No momento da sessão estava com a pressão arterial alterada (170×100), mesmo com o medicamento. Diferentemente da maioria dos Acupunturistas, não sou adepto da sangria para baixar a pressão arterial, sempre optei por utilizar técnicas do Shiatsu. Então pressionei com os polegares o R1 simultaneamente por cerca de 3 minutos. Pronto, pressão arterial normalizada (130×80). Iniciei o tratamento com a Acupuntura.

Identifiquei um desequilíbrio da energia do Fígado, já que a dor era migratória (vento) e seguia parte do trajeto deste Meridiano, além de apresentar intolerância (irritabilidade). Mas também continha desarmonia no Baço-Pâncreas devido a protusão discal e inchaço.

Os principais pontos utilizados foram: Yintang, VC17, F3, IG4. No lado direito apliquei E36, Neixiyan (“olhos do joelho”) e Heding. Estes foram utilizados na primeira sessão.

Na segunda sessão o paciente informou que a dor aumentou muito no dia seguinte (reação diferente, mas comum no tratamento de Acupuntura). No terceiro dia a dor do joelho havia passado, mas foi transferida para o pé. No quarto dia estava sem dor, por isso, achou que estava bom e foi ver os carros alegóricos. Ah sim! Estamos no Rio de Janeiro na semana do carnaval. Quem conhece, sabe o tamanho da Av. Presidente Vargas onde ficam os carros alegóricos esperando o desfile. Resumindo, ele andou vários quilômetros e a dor no joelho voltou.

Na segunda sessão utilizei os pontos: Yintang, VC17, F3, IG4. No lado direito apliquei E36, Xiyuan (“olhos do joelho”), Heding, BP9, BP5, F4 e E41.

Passados 4 dias após a segunda sessão, liguei para o paciente para verificar se ele estava bem. O relato foi animador, estava sem nenhuma dor, caminhando normalmente.

Atualmente, este paciente retorna anualmente para “bater um papo” e, claro, equilibrar-se energeticamente, pois agora ele sabe o grande efeito que a Acupuntura faz.

banner blog - curso agulhamento na dor

Tags: , , , , , ,
 

2 Comentários

  1. Muito bom o artigo! Informações úteis e de fácil compreensão… é sempre bom ‘ouvir’ suas experiências.

    Forte Abraço
    Altair Hottes

    • Obrigado Altair!
      Caso queira, sugira um tema, se eu tiver feito algum tratamento, eu “falo” aqui.
      Abraços,
      Aldemir Chaves

Deixe o seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

WordPress spam blocked by CleanTalk.